VALOR PATRIMONIAL DA ILHA BRANCA

A ilha graciosa demarca-se pela predominância da cor branca na sua paisagem, a qual se deve não só pelo aspeto natural da ilha que apresenta uma ligeira secura tornando-a esbranquiçada, mas também pelo seu casario essencialmente de cor branca.

Santa Cruz da Graciosa
Santa Cruz da Graciosa, anos 60

 

Num ponto de vista geral, a Graciosa possui praticamente as mesmas características que as restantes ilhas, no que toca ao seu património edificado. Nesta ilha, entre as magníficas pastagens, é possível encontrar-se os conhecidos moinhos de vento que, de certa forma, são a imagem de marca do património da Ilha Branca. Estes moinhos, cuja arquitetura é do tipo holandês, muitos deles foram recuperados e incluídos no setor turístico como aproveitador da herança patrimonial graciosense.

Moinho de mó, na freguesia da Praia, Graciosa

 

O concelho de Santa Cruz da Graciosa é caracterizado, a nível urbanístico, pelas suas típicas casas e ruelas estreitas em pedra de calçada que conduzem à praça central do concelho, adornada com o seu coreto.

Paul, tanque de aproveitamento de água doce no centro de Santa Cruz da Graciosa
Freguesia de São Mateus, com a igreja ao fundo, ilha da Graciosa, 1895

 

O património edificado nesta ilha resume-se à arquitetura religiosa, representada pela Igreja Matriz da vila de Santa Cruz, originária do século XVI, a qual possuiu alguns traços do barroco adquiridos depois, e pelas diversas ermidas e outras igrejas espalhadas pela ilha. Neste contexto de arquitetura religiosa, destaca-se a emblemática torre da Igreja de Nossa Senhora dos Anjos, a qual pertencendo à antiga Igreja de Nossa Senhora dos Anjos que integrava o convento de São Francisco, ainda permanece intacta, mesmo depois de a igreja ter sido demolida por ordem do liberalismo, em 1834.

Igreja Matriz de Santa Cruz da Graciosa
Igreja da Misericórdia, Graciosa
Ermida de Nossa Senhora da Ajuda, exemplo de fortificação na Graciosa
Torre da antiga igreja de Nossa Senhora dos Anjos, Graciosa

 

Também caracteriza-se pela arquitetura civil, onde preponderam as casas rurais inseridas na imagem de beleza natural da ilha. Contudo, é na Graciosa que existe uma praça de touros de tipologia única, a qual se encontra dentro de uma cratera vulcânica, refletindo um panorama único que concilia a obra do homem com a natureza.

Casa rural, freguesia da Luz, Graciosa
Fornos de telha da Rochela. Exemplo da arquitetura popular e ruralismo da Graciosa.
Praça de touros dentro de uma cratera, Graciosa

 

Um outro elemento muito característico do património da Graciosa deve-se ao artesanato com os bordados de linho feitos à mão, os quais mantém viva esta arte antiga no arquipélago.

Bordados da Graciosa
Publicado a 17 Fevereiro, 2021