PICO, ILHA DE BALEEIROS

A ilha do Pico é a segunda maior ilha do arquipélago dos Açores sendo que, é nesta ilha onde se situa o ponto mais alto dos Açores e de Portugal, a montanha do Pico com 2351 metros acima do nível médio do mar.

Montanha do Pico, ilha do Pico, Açores

Ilustração da ilha do Pico

 

Fazendo parte do grupo central, e muito próxima às ilhas de São Jorge e Faial, a ilha do Pico foi descoberta no mesmo intervalo de tempo que as suas vizinhas, em meados do século XV, a mando do grande navegador português Infante D. Henrique. Desde cedo, mais propriamente desde os inícios do seu povoamento que esta ilha desenvolveu a sua economia com base no cultivo da vinha e produção de vinho, sendo esta a atividade principal e de grande lucro na ilha, graças à excelência da qualidade do seu vinho, destacando-se o Verdelho.

Concelho da Madalena, ilha do Pico

 

Mais tarde, o Pico demarca-se historicamente pela sua herança deixada pelos baleeiros, tornando-se assim numa ilha onde a caça à baleia foi uma realidade muito presente. Assim, foi em finais do século XVIII que começaram a aparecer nos mares dos Açores canoas americanas de caça à baleia à procura de homens para este trabalho, os quais, sendo muitos oriundos da ilha do Pico, decidiram embarcar nesta aventura. Muitos destes baleeiros, tal como é sabido, regressaram à sua ilha e iniciaram a caça ao cachalote nos Açores, convertendo-se esta numa grande fonte de rendimento para ilha do Pico durante os séculos seguintes. Enquanto outros decidiram ficar em terras do Novo Mundo, para onde a baleação levava, iniciando assim a emigração açoriana sobretudo para os Estados Unidos da América e Canadá, ficando esta conhecida como emigração de «salto».

Caça à baleia, no Pico
Baleeiro da ilha do Pico
Fábrica da baleia, em São Roque do Pico
Monumento de homenagem aos baleeiros do Pico

 

Atualmente, esta é uma ilha onde a sua paisagem natural é altamente valorizada, tendo sido a sua paisagem da cultura da vinha considerada pela UNESCO, em 2004 como Património da Humanidade. Para além disso, os picarotos contam com um grande valor e legado histórico deixado pelos seus antepassados através da baleação, que contribuiu como um grande pilar da história da emigração açoriana.

Paisagem do Cultivo da Vinha, ilha do Pico
Publicado a 23 Fevereiro, 2021