LICOR DE NÊSPERA DA COOPERATIVA CELEIRO DA TERRA VENCE MEDALHA DE PRATA EM CONCURSO NACIONAL

A COOPERATIVA CELEIRO DA TERRA, é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, que desenvolve como principais atividades: a produção e comercialização de biscoitos, compotas, licores, artesanato local e turismo. Os produtos alimentares, são elaborados com matéria-prima local, frutos colhidos nos campos e hortas do concelho da Povoação, confeccionados de forma artesanal, com os saberes dos nossos antepassados, conferindo um sabor único oriundo das nossas raízes. O nosso artesanato, é certificado pelo Centro Regional de Apoio ao Artesanato, valorizando técnicas utilizadas e a qualidade dos nossos produtos. A instituição detém a exploração de uma loja de turismo nas furnas, onde são promovidos os produtos da cooperativa e de todos os seus associados.

O Licor de Nêspera da Cooperativa Celeiro da Terra, foi galardoado com a medalha de Prata no 8º Concurso Nacional de Licores Conventuais e Tradicionais Portugueses.

0F42B0FA-63BB-4D47-AF16-3DA562890C41

Este concurso decorreu em Santarém e teve como principal objetivo premiar, promover, valorizar e divulgar os licores conventuais e os licores tradicionais Portugueses, genuínos e exclusivamente produzidos em Portugal.

Durante 20 anos a Cooperativa Celeiro da Terra, tem vindo a efetuar um trabalho de aperfeiçoamento e valorização dos seus produtos, mantendo os modos tradicionais de confeção dos mesmos, e o sabor dos antepassados Açorianos.

Desde 2016, a Cooperativa celeiro da Terra tem sido premiada todos os anos, em 2016, o Licor de Tangerina da Cooperativa Celeiro da Terra foi galardoado no mesmo concurso com a medalha de ouro na categoria de citrinos, em 2017 o licor de Leite recebeu a medalha de prata, em 2018 o Licor de Café vence a medalha de Ouro.

8545A421-D20D-4699-81B8-D11E191684A7

Para o Presidente desta Cooperativa, André Ávila, “este prémio, é o reconhecimento da qualidade dos produtos da Cooperativa Celeiro da Terra em particular do Licor de Nêspera, que é confeccionado com fruta produzida e colhida nos Açores e laborada de forma artesanal com muito cuidado”.

Publicado a 11 Março, 2019