Fernando Neto lança livro de memórias – Um dos emigrantes que beneficiaram do Azorean Refugee Act

O açoriano Manuel Fernando Neto acaba de lançar o seu livro de memórias “Retalhos da Minha Infância”. Foi no passado domingo à tarde, na Claire T. Carney Library, na UMass em Dartmouth, com sala esgotada, numa demonstração de apreço, por quem arriscou colocar a sua vida em livro, retratando os bons e maus momentos. Glória de Sá, professora e directora dos Arquivos Ferreira-Mendes, da Universidade de Massachusetts, fez a apresentação da obra, perante empresários, líderes comunitários, professores, que manifestaram o seu apreço a uma figura incontornável da comunidade. Foi uma jornada comunitária de grande nível, dado que o livro era escrito por gente nossa para gente nossa. E o mais relevante: o assunto identificava-se com muitos dos presentes, pelo que redobrava a curiosidade da sua leitura. Não é um livro à venda. É um livro para oferecer a amigos. Mas quem tiver a possibilidade de o conseguir, vai poder constatar uma escrita simples, sem rodeios, capaz de manter a atenção do leitor da primeira à última página. Manuel Fernando Neto foi um dos 175 mil açorianos que usufruiram do Azorean Refugee Act em 1958. Esta abertura foi graças à intervenção dos senadores John Kennedy de Mass e John Pastore, de Rhode Island.

Fonte: Exclusivo Portuguese Times/ Diário dos Açores, 7 de Abril de 2019

Publicado a 8 Abril, 2019