CORVO: UMA PEQUENA ILHA COM GRANDES GENTES!!

#FindYourAzoresIlhadoCorvo

 

O Corvo é muito conhecido por ser a mais pequena ilha e com menor população dos Açores, todavia é uma ilha com muito para conhecer e ver e com um passado muito interessante!

As ilhas das Flores e Corvo foram descobertas em 1452 por Diogo de Teive e João de Teive, e no final deste século e inícios do seguinte, deu-se o povoamento destas duas ilhas. Em 1570 foi construída a primitiva igreja do Corvo, e o povo tinha como ocupações a pesca, a agricultura e a pecuária.

Sabias que o Corvo sofreu diversas vezes ataques de piratas e corsários? Em 1587 o Corvo foi saqueado e os seus edifícios queimados por corsários ingleses, e em 1632, 10 naus de piratas turcos atacaram a ilha, e durante 11 horas de combate, cerca de 200 corvinos conseguiram repelir os piratas turcos!

A partir de 1700’s, navios baleeiros americanos começaram a aparecer nos mares dos Açores, e com isto, reconhecidos pela sua coragem, muitos corvinos começaram a emigrar para os Estados Unidos como baleeiros. De 1864 para 1920 a população passou de 900 pessoas para 661 e em 2011 possuía 430 pessoas.

O Corvo possui as mais variadas atrações, como o Caldeirão do Corvo, uma das mais bonitas caldeiras do arquipélago, os trilhos pedestres, os lindos moinhos de vento e também o Ecomuseu do Corvo!!

 

Não te esqueças de seguir o nosso Instagram: association_find.your.azores

Assim como a nossa página oficial do Facebook: Associação Dos Emigrantes Açorianos

 

#FindYourAzoresEmigrantesAçorianos #FindYourAzoresHistória #FindYourAzoresTurismo

 

A batalha contra os piratas turcos deu origem a um livro.

Ecomuseu do Corvo.

Moinhos de vento no Corvo.

Moinho de vento no Corvo.

Caldeirão do Corvo

Publicado a 11 Outubro, 2020